quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Desafio Realmente Desafiante - #01

Olá pessoas!!
E dando início (até que enfim) ao desafio literário que estou participando (falei dele aqui), escolhi o desafio de número 1, ler um livro que ganhei, não gostei e ficou na prateleira.

Escolhi o livro "Suspresas no altar", de Kirsten Sawyer
Editora Nova Cultural
Número de páginas: 157
Skoob

Sinopse: "Molly sempre sonhou com o casamento perfeito, mas sendo ela a noiva, não a dama de honra, vezes sem fim! Abalada com a notícia do noivado de Brad, por quem ela é secretamente apaixonada, Molly precisa reverter essa situação e toma uma decisão drástica... Ao contratar um acompanhante profissional para se fazer passar por seu namorado, Molly se torna a protagonista de uma encenação que ela planeja encerrar com um casamento em grande estilo. Além de Molly, o "noivo" e o irmão dela, ninguém mais desconfia que seu plano é uma grande farsa. E assim Molly entra na igreja, de véu e grinalda, ao som da marcha nupcial, com a consciência pesada por estar enganando todo mundo, sem imaginar as revelações e reviravoltas que esperavam por ela no altar..."

Molly é uma professora de educação infantil, tem 30 anos e mora sozinha. Sempre teve o sonho de se casar como uma princesa, aquelas coisas de sonhos juvenis, príncipe encantado e tal. Mas não conseguiu e estava sentindo que nunca conseguiria. Teve a ideia de forjar um noivado, só para viver todas as preparações e expectativas. Deu certo. Mas no final acabou se tornando amiga do falso noivo e as coisas mudaram um pouco. Final feliz, sonhos realizados e casais felizes.

Bem, nunca havia lido esses romances de banca de jornal. Acho que esse foi um dos motivos por eu nunca ter me interessado nesse livro, que ganhei já fazem uns 3 anos. Mas venci o (pre)conceito e são livros como outros quaisquer, e tem muitas pessoas que curtem.
A história é daquelas que você já supõe o final logo de cara, e acerta. Leitura incrivelmente fácil. Senti falta de um certo entrosamento, de intimidade com os personagens. As falas são meio robóticas, algo sem emoção, ditas rápidas, sem muitas explicações. Porém é algo interessante para pensar em outras coisas. É tipo uma novela que você pára para assistir só para ocupar a mente com história que não te dizem respeito. Mesmo você sabendo como vai acabar, você quer ler como os personagens vão resolver as coisas.
Enfim, recomendo para quem gosta do estilo. Eu amo romances, mas gosto de me sentir próxima dos personagens, gosto de sentir aquela intimidade, de conhecê-los bem, etc, e não consegui nesse livro.
Toda leitura é válida. Ao menos posso dizer que já li um romance de banca! ^ ^

Esse desafio se refere ao mês de janeiro, meu primeiro. Quer acompanhar os outros leitores e saber quais os desafios que eles escolheram? Clique aqui.
Já leu esse livro? Me conta se gostou.
Gosta desse estilo de leitura?


Beijinhos e ótimas leituras!


Um comentário:

ღღღღ Cici ღღღღ disse...

Ahhh... gostei de sua postagem!!
E vamos que vamos, né! Postei o meu desafio de fevereiro ontem.
Bjns
:)